16 setembro, 2015

Quem sabe é amor

"Eu te amo" e escolho estar de todas as maneiras possíveis.

Nunca parei pra pensar se realmente entendo ou sei sobre o amor. É sentir falta? É querer estar sempre perto, querer sempre o bem?
Nunca parei para pensar se realmente já me apaixonei sem pôr limites... Apaixonar-se é rir sem motivos? Sentir o ar escapando dos pulmões com as decepções? É se sentir terrivelmente mal à noite quando nada ocorre como o desejado? É estar feliz o suficiente pra não caber dentro de si?
Amar é realmente sinônimo de saudade? É bolo quentinho, abraço apertado e conversas abertas?

Se tudo isso é amor, paixão ou qualquer tipo de sentimento parecido, posso estar longe o suficiente de ser uma pessoa egoísta e congelada?

Em resposta: Os sentimentos... Uns intactos, outros dilacerados, em processo de cura e há os delicados e inocentes. 

Eu quero sentir, da forma mais plena, mais vívida possível. Um outro dia, uma outra etapa, uma outra época, um novo pensamento... E tudo de novo! O cheirinho de conforto, o toque suave, a troca de olhares... Tudo em todos os momentos e o gatilho que seja mais suave e dedicado.

O arrepio profundo, a escolha aleatória, a música especial, o presente e o pedido certo. Ingênuas palavras ou não, há quem goste de pegar na mão, olhar no olho, brincar de ser criança e redescobrir a vida.

Amor não se trata de uma palavra e sim de gestos, cheiros, lembranças e principalmente: Não querer ir embora, nem se sentir sufocado. Não se trata de amor de casal, não só de amor em família e não são palavras jogadas ao vento... É toda forma de afeto, se isso não soar tão clichê como parece, é inocência, riso, arrepio, lágrima que brota... É tudo de simples.

Histórias compõem pessoas, coisas, momentos, decisões... E amor, paixão, todo sentimento... Compõem as histórias e principalmente nós mesmos.

Talvez explicar o amor, seja complicado, talvez não possa ser descrito... Não é a forma certa e tão pouco a errada. Talvez nem seja amor e só um monte de palavras reunidas, quem sabe é só o que todo mundo acha que é ou o que eu acho que seja...

Talvez seja.

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada!! Sempre tem vários, arrisco dizer que até melhores que esse na categoria "Textos" aqui do blog!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Patrícia Muniz - 2014/2016. Todos os direitos reservados. || Design by: Patrícia Muniz. Voltar ao topo ↟