20 setembro, 2014

Como Quiser...

E  mais uma vez eu faço questão de quebrar a cara com as minhas besteiras, então talvez devesse se passar pela sua cabeça que eu só quero estar perto, pelo menos um pouco. Então dane-se tudo isso porque eu posso odiar tudo inclusive você... Então tenta lembrar que você permitiu que eu te odiasse. Todas as coisas, todo aquele diálogo, não era para ser assim.

Sabe, os pelos arrepiados, a palpitação, a sensação estranha no estomago e lágrima que insiste em cair... Eu queria que fosse passado, eu queria realmente não sentir, não ser tão dependente de um oi ou de uma brincadeira para me fazer rir... Apaixonar-se é uma droga, e desculpe se ofendi alguém com essa minha "opinião", mas é assim que vejo tudo isso, então não importa.

Arranque meu coração do peito com todas as suas forças, eu não ligo, eu não me importo, não farei questão alguma. Esmague esse coração como puder, estraçalhe sem dó, não deixe que sobre absolutamente nada... Não sentir nada é melhor que sentir dor.

Deixei o som no máximo, tranquei tudo para não ouvir nada lá fora, nada de esperanças garota boba, nada de pensar como seria se você não estivesse entrado nessa... Então faça um favor a si mesmo e pare! Pare de tentar levar para frente algo que você sempre soube que não daria em nada. Pare de se enganar, seus 15 anos já se passaram há muito tempo. Você sempre soube que tudo isso seria um erro, então arque com as consequências e viva por você não pelos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Patrícia Muniz - 2014/2016. Todos os direitos reservados. || Design by: Patrícia Muniz. Voltar ao topo ↟